telhado de grama

 

 

 

clique sobre a foto para ampliar.      www.tibarose.com     (fotos dos alunos do curso)

A moldura do telhado pode ser ser feita de madeira reciclada. O espaço entre as ripas pode ser de até 80 cm.

Corte os bambus na medida certa e lixe para tirar as arestas. Passe o bambu pelo fogo para "sapecar" e matar possíveis cupins.

Passe óleo queimado nas parte da madeira que vai tomar chuva.

Coloque os bambus na armação. Não precisa pregar.

Em das extremidades, faça um buraco com uma broca de 3/4 para o cano de saída de água.

Faça o acabamento com uma grosa.

Coloque um cano do comprimento desejado para a saída de água.

Deixe um pedaço de 2 cm para dentro.

Deixe os bambus bem nivelados.

Coloque o plástico por cima e acerte bem os cantos.

Faça uma dobra e empurre o plástico.

Pregue ripas do lado de fora para segurar o plástico.

Pregue ripas na volta toda.

Pregue ripas na parte superior, caprichando no acabamento.

Faça o buraco bem justo para o cano, empurrando bem o plástico.

Corte o plástico restante na beira da ripa.

Pinte a ripa com óleo queimado e passe uma cola poderosa para isolar a saída de água, de modo que não haja espaço para empossar.

Leve a base do telhado pronta para o local preparado.

Coloque a base no lugar.

Apoiamos um lado da base do telhado em um caibro com uma das extremidades sobre uma coluna de bambu gigante.

E a outra extremidade chumbada na parede.

O outro lado da base foi apoiado em um pequeno degrau de cimento feito na parede.

E depois parafusada com buchas na parede.

A base deve pender para o lado de saída da água.

Joque um pouco de água para testar a caída.

Coloque a terra.

Na parte mais baixa faça uma carreira de pedras de mais ou menos 15 cm para a terra não escorrer.

Plante grama, ou outra planta que não precise de raíses profundas.

A camada de pedra deve chegar até borda.

O jardim pronto deve ser regado com mais abundância nas primeiras semanas.

A saída de água pronta.

Que beleza, levou uma manhã, e custo foi mínimo. Plástico, ripas, pregos, o cano, as pedras e a cola.